UGT UGT

Filiado à:


Filiado Filiado 2
Home | Notícias
Home | Notícias

NOTÍCIAS

Centrais vão realizar ações conjuntas em Minas


25/02/2015

O sindicalista Edilson de Souza representou a UGT-Minas, presidida pelo deputado Ademir Camilo, em reunião das centrais sindicais, assistida pelo Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Sócio Econômicos do estado (DIEESE/MG), realizada na sede da Nova Central, no Centro da Capital, em 24/02.
 
Os participantes concordaram na promoção de ações unitárias entre centrais e entidades sindicais, seja na Capital, como no interior do estado, e destacaram a realização de protestos em frente aos prédios das Superintendências Regionais do Ministério do Trabalho, em 2 de março, para alertar que nessa data começam a vigorar as MPs 664 e 665, que retiram direitos dos trabalhadores. A intensão é esclarecer a sociedade sobre os efeitos desastrosos das medidas e a tentativa do governo federal de empurrar para a classe trabalhadora a conta da crise econômica.

 

Também foi deliberada a redação de carta que será endereçada à direção regional da Central Única dos Trabalhadores (CUT) – com cópia para direção nacional – solicitando reunião dos sindicalistas com a Central, que não tem participado dos encontros promovidos pelo Fórum das Centrais, em Minas.

 

A necessidade de unificar as ações no campo da comunicação fez com que o grupo aprovasse a realização de encontro entre jornalistas e setores de imprensa das Centrais. Com o mesmo intuito, foi definida a elaboração de documento unitário sobre o 8 de Março, Dia Internacional da Mulher, visto que as centrais já atuam conjuntamente na questão.

 

Dirigentes da Força Sindical, CSP Conlutas, CTB, Nova Central, UGT e CGTB agendaram nova reunião para 10 de março, quando serão detalhados atos pelo Dia Mundial em Memória às Vítimas de Acidentes de Trabalho, em 28 de abril; no Dia Internacional do Trabalhador, em 1º de Maio;contra o PL 4.330, sobre terceirização, que acaba de ser desarquivado,além da organização de seminário estadual entre as centrais para montar calendário conjunto de atividades.

 

Reprisando o dia de pressão promovido pelas centrais sindicaisno Congresso Nacional, em 10/02, organizado para convencer deputados e senadores a votar pela alteração do texto das medidas provisórias 664 e 665, o movimento sindical prepara nova ação em Brasília, em 18 de março, outra vez na Casa Legislativa.Na primeira incursão, os sindicalistas ouviram declarações de apoio que confirmam a modificação das MPs ao longo da tramitação.
As ações programadas pelas centrais – esclarece Vandeir Messias – vêm reforçar a nova data da 9ª Marcha da Classe Trabalhadora – 9 de abril - antes prevista para 26/02. As manifestações terão como foco a defesa dos direitos e empregos, afirmou o sindicalista.


Categorizado em: UGT - Minas Gerais,


logo

UGT - União Geral dos Trabalhadores


Rua Aguiar de Barros, 144 - Bela Vista - São Paulo/SP - 01316-020 - Tel.: (11) 2111-7300
© 2013 Todos os direitos reservados.