UGT UGT

Filiado à:


Filiado Filiado 2

NOTÍCIAS

Presidente da UGT denuncia assédio eleitoral ao Procurador Geral do Trabalho


16/09/2022

O presidente da União Geral dos Trabalhadores (UGT), Ricardo Patah, esteve na manhã desta quinta-feira (15), em Brasília, com o procurador Geral do Trabalho, José de Lima Ramos Pereira, para discutir a questão do assédio sexual no local de trabalho, além do assédio eleitoral envolvendo ameaças de redução de salarial, retirada de direitos e benefícios, além de demissões, caso o trabalhador não vote em candidato.

Além de Ricardo Patah, participaram da reunião os presidentes da CUT, Sérgio Nobre; da Força Sindical, Miguel Torres, e da CTB, Adilson Araújo.

Os representantes do movimento sindical expressaram preocupação com os relatos que têm recebido sobre episódios de assédio eleitoral envolvendo ameaças de redução salarial, de retirada de direitos e benefícios e de demissão.

 

O Procurador reforçou que casos dessa natureza devem ser denunciados ao MPT, que tomará as devidas providências. José de Lima ressaltou que a Instituição está preparada, em nível nacional, para o atendimento a qualquer demanda relacionada a direitos dos trabalhadores e trabalhadoras, seja urgente ou não.

 

Os sindicalistas também solicitaram uma aproximação maior com as Coordenadorias Nacionais do MPT, para conhecerem com mais profundidade suas competências e atribuições. Em resposta, o PGT se comprometeu a discutir a possibilidade da realização de um evento reunindo as Coordenadorias e o movimento sindical, para troca de experiências e reforço do diálogo institucional. Outro assunto discutido foi a necessidade de proteção da integridade dos trabalhadores que vão atuar como mesários nas eleições.

 




logo

UGT - União Geral dos Trabalhadores


Rua Formosa, 367 - 4º andar - Centro - São Paulo/SP - 01049-911 - Tel.: (11) 2111-7300
© 2021 Todos os direitos reservados.