UGT UGT

Filiado à:


Filiado Filiado 2
Home | Notícias
Home | Notícias

NOTÍCIAS

Em nota, UGT-SP repudia a noticiada proposta de atrelar auxílio emergencial à Carteira Verde-Amarela


12/02/2021

A UGT-SP emitiu nesta segunda-feira (8) nota na qual faz duras críticas à noticiada proposta do Governo de atrelar o pagamento do auxílio emergencial à Carteira Verde-Amarela. No texto, o presidente Amauri Mortágua lembra que manter o pagamento do benefício não é um gesto filantrópico, mas algo de extrema necessidade e urgência. "Cada pequena parcela representa, para as famílias que não encontram colocação no mercado de trabalho, a esperança de sobrevivência", argumenta o líder sindical.

 

A Central lembra ainda que, além de garantir a subsistência das famílias, o auxílio emergencial representa uma importante injeção de recursos na já combalida economia nacional, "fomentando o consumo, preservando empregos e empreendimentos". E é justamente diante destas constatações que a tentativa de condicionar a liberação do benefício a qualquer exigência, é "um ato desprezível e condenável de chantagem",

 

 

 

Leia a integra do documento:

 

 

 

 

 

NOTA DA UGT-SP SOBRE A NOTICIADA PROPOSTA DE ATRELAR O AUXÍLIO EMERGENCIAL À CARTEIRA VERDE-AMARELA

 

 

 

Manter o pagamento do auxílio emergencial, em valor razoável, enquanto perdura a pandemia não é simplesmente uma questão de filantropia ou de generosidade. É atitude de bom senso!

 

Cada pequena parcela representa, para as famílias que não encontram colocação no mercado de trabalho, a esperança de sobrevivência.

 

Além de ser este último sopro de esperança para aqueles que cortejam involuntariamente com a fome, o benefício é um alento também à nossa combalida economia, uma vez que, como mostram estudos de respeitados órgãos, ajuda a manter, de maneira significativa, a atividade econômica, fomentando consumo, preservando empregos e empreendimentos, que, sem a injeção destes recursos, estão fadados à falência.

 

De outra sorte, tentar utilizar este recurso como moeda de troca para impor decisões suspeitas ou atrelar o pagamento a condicionalidades, como a adesão à carteira verde-amarela, é um ato desprezível e condenável de chantagem, que obriga indefesos necessitados, em pânico, a acatar propostas que mal compreendem e que certamente os

 

prejudicarão.

 

E a nossa Central não pode testemunhar todo este contrassenso sem externar sua indignação e, como fez ao longo de toda sua história, se mobilizar para impedir este desatino.

 

Auxílio emergencial já e enquanto perdurar a pandemia, em valor razoável e sem condicionantes!

 

 

 

É hora de estarmos unidos na defesa de todos que precisam.

 

 

 

Amauri Mortágua

 

Presidente

 

São Paulo, 08 de fevereiro de 2021.


Categorizado em: UGT - São Paulo,


logo

UGT - União Geral dos Trabalhadores


Rua Formosa, 367 - 4º andar - Centro - São Paulo/SP - 01049-911 - Tel.: (11) 2111-7300
© 2021 Todos os direitos reservados.