UGT UGT

Filiado à:


Filiado Filiado 2
Home | Notícias
Home | Notícias

NOTÍCIAS

UGT Minas reúne Executiva para definir estratégias e avaliar cenário nacional


22/05/2015

A diretoria da União Geral dos Trabalhadores de Minas Gerais (UGT-MG) reúne sua Executiva Estadual nos próximos dias 25 e 26 de maio em Belo Horizonte. Um dos objetivos é traçar diretrizes e planos de ação para o biênio 2015/2016.

 

Com aproximadamente 200 entidades sindicais filiadas e cinco regionais (Norte de Minas, Zona da Mata, Sul, Triângulo Mineiro e Vale do Aço), uma das metas do novo presidente da UGT-MG, Paulo Roberto da Silva, é ampliar e fortalecer a representatividade da entidade no Estado, por meio de novas filiações e ação mais efetiva junto aos sindicatos e federações.

 

“A UGT, embora relativamente nova, com apenas oito anos de existência, é a central sindical que mais cresce em Minas e no País. Devido ao conturbado momento na economia é necessário que o movimento sindical se organize ainda mais para fazer valer seus direitos e garantir conquistas”, diz Paulo Roberto, que é também presidente do Sindicato dos Empregados em Edifícios e Condomínios, em Empresas de Asseio, Conservação, Higienização, Desinsetização, Portaria, Vigia, Cabineiros e Limpeza Urbana de Belo Horizonte (SINDEAC).

 

Formação de dirigentes sindicais

 

De acordo com Paulo Roberto, sindicatos combativos e atuantes pressupõe a capacidade de mobilizar suas bases em torno de objetivos comuns e saber negociar em igualdade de condições com a classe patronal e, assim, conseguir inserir nas convenções coletivas os anseios dos trabalhadores. “Não basta levantar bandeiras de luta. É preciso agir. As mudanças dependem de nós e, para isso, são necessárias coragem e disposição”, acrescenta.

 

Nesse sentido, uma das prioridades da nova diretoria da UGT-MG é investir na formação, capacitação e qualificação dos dirigentes sindicais mineiros. “O movimento sindical ainda não se conscientizou da força que tem para promover mudanças na vida da classe trabalhadora e, consequentemente, ajudar a melhorar as condições de vida da sociedade como um todo”, destacou.

 

Temas nacionais

 

A 1ª reunião da Executiva Estadual da UGT-MG reservará momentos para debater e refletir sobre temas nacionais que afetam o dia a dia dos trabalhadores. Um deles é o Projeto de Lei 4330/2015, aprovado em abril pela Câmara dos Deputados e em tramitação no Senado, que regulamenta a terceirização. Na opinião de Paulo Roberto da Silva, é preciso urgentemente alterar o texto, pois, da forma como foi aprovado, precariza as relações trabalhistas e reduz direitos, prejudicando milhares de trabalhadores.

 

Estarão, ainda, na pauta de discussões as Medidas Provisórias 664 e 665, que determinam novas regras para o acesso a direitos trabalhistas e previdenciários, como o seguro desemprego, pensão por morte, auxílio doença e fator previdenciário.

 

Dia Nacional de Paralisações e Manifestações

 

A Executiva Estadual da UGT-MG irá, ainda, definir qual será sua participação no Dia Nacional de Paralisações e Manifestações – Rumo a Greve Geral, uma grande manifestação prevista para acontecer em diversas cidades brasileiras, no dia 29 de maio, e que tem como finalidade demonstrar que a classe trabalhadora é contra as MPs 664 e 665, além do Projeto de Lei PL 4330.

 

Serviço

1ª Reunião da Executiva Estadual da UGT-MG

Data: 25 e 26 de maio de 2015

Local: Sede da UGT-MG, à Rua Jaceguai, 164, Prado

Informações: Secretaria de Comunicação da UGT-MG / secretária: Fernanda Sampaio.

Assessoria de imprensa: Cida Morais: 9758-2964 // 8954-0344

 

Fonte: UGT Minas

 


Categorizado em: UGT - Minas Gerais,


logo

UGT - União Geral dos Trabalhadores


Rua Aguiar de Barros, 144 - Bela Vista - São Paulo/SP - 01316-020 - Tel.: (11) 2111-7300
© 2013 Todos os direitos reservados.