UGT UGT

Filiado à:


Filiado Filiado 2
Home | Notícias
Home | Notícias

NOTÍCIAS

Segundo DIEESE, Covid-19 fez aumentar desigualdade entre negros e brancos no mercado de trabalho


19/11/2020

Estudo divulgado pelo Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (DIEESE) revela que, no Brasil, a desigualdade entre brancos e negros aprofundou devido a pandemia.

 

Segundo o estudo, que leva em conta dados da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua (Pnad Contínua), realizada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), essa desigualdade ficou mais acentuada no mercado de trabalho, onde mais de 6, 4 milhões de homens e mulheres negros saíram da força de trabalho entre o 1º e o 2º trimestre de 2020, isto é, perderam ou deixaram de procurar emprego por acreditar não ser possível conseguir nova colocação.

 

Entre os brancos, o número de pessoas nessa mesma situação chegou a 2,4 milhões. Na comparação entre o 4º trimestre de 2019 e o 2º trimestre de 2020, entre os negros, o número subiu para 7,4 milhões. Para os não negros e não negras, o total pouco se alterou, chegando a 2,7 milhões de pessoas.

 

Veja o estudo na íntegra, clique aqui:

 

 




logo

UGT - União Geral dos Trabalhadores


Rua Aguiar de Barros, 144 - Bela Vista - São Paulo/SP - 01316-020 - Tel.: (11) 2111-7300
© 2013 Todos os direitos reservados.