UGT UGT

Filiado à:


Filiado Filiado 2
Home | Notícias
Home | Notícias

NOTÍCIAS

Grupo Soma fecha acordo para compra da grife digital NV, da blogueira Nati Vozza


26/10/2020

 

Ainda não há informações sobre os valores da transação

 

Nem Amaro, nem Richards, nem Le Lis Blanc. A primeira compra do grupo carioca de moda Soma, que em julho levantou R$ 1,8 bilhão em um IPO (oferta pública inicial de ações) que colocou na bolsa suas marcas Animale, Farm, Cris Barros e Maria Filó, é a NV, da blogueira campineira Nati Vozza.

 

Os últimos detalhes de um memorando de entendimentos ao qual a Folha teve acesso foram fechados na última sexta (23), e consiste no pagamento de dinheiro e ações transferidos para os empresários Natalia Vozza e Antônio Junqueira, sócios na NV. Ainda não há informações sobre os valores da transação, que ainda depende de uma auditoria e da aprovação definitiva do Cade (Conselho Administrativo de Defesa Econômica).

 

O documento informa, porém, que os novos sócios poderão “fazer jus a um valor adicional, a ser pago até 2026, caso a marca supere o plano de negócios firmado entre as partes”, e que, com a transação, planejada para ser concluída em até 60 dias, os sócios da NV passam a fazer parte do bloco de controle do grupo.

 

Moda - DaHora 08/07/2018 - blogueira - boina - Nati Vozza

A blogueira Nati Vozza - Reprodução

As primeiras conversas entre o grupo e a marca começaram antes da pandemia, e evoluíram após um entendimento de que houve “um crescimento acelerado para uma marca com poucos anos de existência”.

 

Conhecida como NV by Nati Vozza, a etiqueta foi fundada em 2010, atinge um público feminino jovem adepto de tendências e tem um tíquete médio elástico, que vai de R$ 138 (camiseta) a R$ 3.798 (calça de couro).

 

O faturamento da NV, que é essencialmente focada em vendas no e-commerce e em plataformas de redes sociais, foi de R$ 100 milhões em 2019. Neste ano, a grife de roupas planeja faturar R$ 170 milhões. O valor foi alcançado com apenas cinco lojas físicas e uma estratégia online agressiva.

 

Apesar de a marca não ter sido uma das primeiras a figurar na lista de apostas do mercado, a transação vai de acordo com a ideia do grupo de abocanhar o mercado digital, seara ainda pouco explorada pelos players de moda brasileiros e que, com o isolamento, tornou-se cabal para a manutenção dos negócios em um cenário de varejo físico interditado.

 

O objetivo da transação, segundo o documento, é aportar ferramentas tecnológicas ao que chamaram de novo “unicórnio” do grupo, e “a uma impressionante audiência conquistada organicamente pela NV em meios digitais”.

 

Fonte: Folha de SP




logo

UGT - União Geral dos Trabalhadores


Rua Aguiar de Barros, 144 - Bela Vista - São Paulo/SP - 01316-020 - Tel.: (11) 2111-7300
© 2013 Todos os direitos reservados.