UGT UGT

Filiado à:


Filiado Filiado 2
Home | Notícias
Home | Notícias

NOTÍCIAS

Sincomerciários de Ribeirão está em alerta com possibilidade de lockdown


07/07/2020

Presidente Regina está preocupada com emprego dos comerciários, aumento da doença e rigidez de regras no comércio

 

Ribeirão Preto é uma das cidades do Estado que ainda está na fase vermelha do Plano São Paulo de combate à Covid-19. Nas últimas semanas houve um aumento dos casos da doença em Ribeirão e a alta taxa de ocupação de leitos UTI tem preocupado as autoridades e a população em geral. Muitos segmentos da sociedade têm defendido o lockdown, que é a suspensão total das atividades por pelo menos 15 dias. 

 

Na última semana, o prefeito Antônio Duarte Nogueira descartou a opção pelo lockdown, mas ressaltou que serão adotadas medidas mais rígidas de circulação de pessoas, além da imposição de multa pra quem não usar máscaras que irão atingir tanto a população quanto os donos dos estabelecimentos.

 

Preocupação

 

Em entrevista à TV Thathi, a presidente do Sincomerciários de Ribeirão Preto, Regina Pessoti Zagretti, ressaltou preocupação com a categoria comerciária caso o lockdown seja implantado na cidade. “Os trabalhadores estão no seu limite e a encomia da cidade está muito frágil, não há mais como segurar o desemprego, temos que encontrar novas formas de conter a Covid-19, sem mais prejuízo para as empresas e funcionários. Eu lamento muito e é com muita tristeza que vejo a possibilidade de lockdown. Ribeirão tem sua economia baseada no setor do comércio e no de serviço, se parar tudo a cidade não sobreviverá por muito tempo. Acredito que será necessário a testagem em massa pode ajudar a planejar a reabertura segura e gradativa do comércio que terá que seguir as medidas de distanciamento e proteção adequada, tanto para os funcionários como para a população”.

 

Segundo a dirigente, há muitos contratos suspensos e é muito difícil para um pai de família chegar em casa e dizer que está desempregado. “Vamos atuar no cuidado com a saúde do trabalhador, que é essencial, mas também olhar para que o desemprego não assombre ainda mais a nossa categoria”, ressaltou Regina.




logo

UGT - União Geral dos Trabalhadores


Rua Aguiar de Barros, 144 - Bela Vista - São Paulo/SP - 01316-020 - Tel.: (11) 2111-7300
© 2013 Todos os direitos reservados.