UGT UGT

Filiado à:


Filiado Filiado 2
Home | Notícias
Home | Notícias

NOTÍCIAS

O 4° Congresso Estadual da UGT-PARÁ reúne cerca de 200 dirigentes sindicais


22/05/2019

Rumar para o 4° Congresso Nacional com a seguinte bandeira: “RESISTIR E IR PRA LUTA! NÃO, NENHUM DIREITO A MENOS!”.

 

“Unir para Resistir e Lutar”, com esse lema, José Francisco Pereira, presidente da UGT-PARÁ abriu no ultimo dia 18 de maio, às 09h00min da manhã, o 4° Congresso Estadual da maior Central Sindical do Pará, em número de trabalhadores.  185 dirigentes de 54 entidades sindicais filiadas lotaram o auditório da FETRACOM. Na mesa, representantes de todas as Centrais Sindicais paraenses, demonstrando a unidade na luta contra a retirada de direitos e prestigiando o 4º Congresso da UGT-PARÁ. 

 

Na primeira palestra, o Senador Paulo Rocha do PT, convocou as lideranças sindicais a unirem suas categorias a outras e lutar juntos como classe trabalhadora para derrubar a proposta de reforma da previdência e os cortes no orçamento da educação, e ainda barrar as reformas e cortes nas políticas que beneficiam os que mais precisam. “Temos que nos unir e lutar contra a destruição de um estado social construído com muita mobilização, paralisações e greves que custaram o trabalho de décadas do movimento sindical e dos trabalhadores brasileiros”. Paulo Rocha chamou todos e todas para participarem das mobilizações do dia 30/5, atos de rua, e no dia 14/6, da greve geral.

 

A Reforma da Previdência ou Fim das Aposentadorias. A MP 873 e sua Inconstitucionalidade foram os temas da Palestra Magna na segunda mesa de trabalhos do 4°Congresso Estadual da UGT-PARÁ, proferida pelo juiz Dr. Pedro Tupinambá, presidente da AMATRA, Associação dos Magistrados da Justiça do Trabalho da 8° Região. Para o magistrado os ataques aos direitos trabalhistas constituídos vão continuar, “a globalização é fato e o neoliberalismo dita as regras do mercado e das economias mundiais, em minha opinião, a saída para a organização dos trabalhadores é também se globalizar, e criar métodos para a celebração de acordos ou convenções de trabalho globais para se evitar que empesas migrem para países onde existam mais flexibilização de direitos e salário menores”, propõe Dr. Pedro Tupinambá.

 

A Prevenção e o Combate as Drogas e a Violência, no meio ambiente de trabalho, nas escolas e em toda a sociedade, foi o tema da 3° palestra que ficou a cargo do Dr. Walmir Gomes, presidente da Frente Pará Contra as Drogas.

 

Após as palestras o plenário decidiu pela criação de uma comissão formada por dirigentes de cada segmento que formam a UGT-PARÁ para montarem uma chapa de consenso para assumir o comando da central ao final deste mandato. Ficou aprovada ainda a participação efetiva da UGT-PARÁ nas mobilizações do dia 30 de maio, atos de rua, e na greve geral do dia 14 de junho.

 

PHOTO-2019-05-22-15-30-38.jpg

 

PHOTO-2019-05-22-15-30-37_1.jpg

 

PHOTO-2019-05-22-15-30-37.jpg




logo

UGT - União Geral dos Trabalhadores


Rua Aguiar de Barros, 144 - Bela Vista - São Paulo/SP - 01316-020 - Tel.: (11) 2111-7300
© 2013 Todos os direitos reservados.