UGT UGT

Filiado à:


Filiado Filiado 2
Home | Notícias
Home | Notícias

NOTÍCIAS

Feaconspar e Siemaco promovem confraternização de 5 mil mulheres


12/03/2019

A 27ª edição da Festa das Mulheres Feaconspar/Siemaco, reuniu perto de 5 mil mulheres, na Colônia de Praia da Associação Banestado, no litoral paranaense, dias 9 e 10 de março. Esse que já é considerado o maior encontro do  Brasil, em comemoração ao Dia Internacional da Mulher, teve a participação dos Siemacos das várias regiões do Paraná.  A Feaconspar (entidade filiada à UGT e que representa os trabalhadores em asseio e conservação), em parceria com os Siemacos de Curitiba, Ponta Grossa, Francisco Beltrão, Londrina e Cascavel, proporciona às mulheres da categoria um grande encontro de confraternização.

 

“Essas mulheres têm histórias ímpares de vida, muitas vezes acumulando três  ou quatro jornadas de trabalho. A Feaconspar, e seus sindicatos filiados, têm a grata satisfação de proporcionar esses dias de lazer com a troca de vivências e a promulgação de nossos conceitos trabalhistas”, disse emocionado o presidente da Feaconspar e do Siemaco/Curitiba, Manassés Oliveira.

 

O presidente da UGT-PARANÁ, Paulo Rossi, falou às mulheres quanto ao engodo da reforma da Previdência , proposta pelo governo: “ as mulheres são as grandes prejudicadas por essa proposta nefasta, que condena os brasileiros a morrerem trabalhando, ou então a viverem com uma pensão de miséria”. Rossi pediu ainda às mulheres que passem a discutir no ambiente de trabalho, com seus familiares e amigos alternativas para uma reforma da Previdência que atenda, de verdade, as necessidades dos trabalhadores, que tanto contribuíram ao longo da vida laboral.

 

Por sua vez a presidente do Siemaco de Ponta Grossa, Maria Donizeti  Teixeira Alves lembrou que a tão falada reforma trabalhista, aprovada no governo passado, não gerou emprego, e ao contrário, aumentou o número de desempregados no País. “Não podemos cair, mais uma vez, nesse discurso do governo, de que somos nós que temos de nos sacrificar. Estão querendo tirar nossos direitos trabalhistas, acabar com nossas férias, 13º salário e benefícios sociais. E agora  querem que as mulheres morram trabalhando. Quem de nós tem condições saudáveis de trabalhar até os 62 anos”, questionou Maria Donizete.

 

Nos dois dias de confraternização as mulheres desfrutaram do mar e das areias de Praia de Leste, onde puderam descansar e  dançar; acompanharam shows musicais; e ainda participaram do sorteio de vários brindes. No almoço do dia 10, a tradicional costela fogo de chão consumiu mais de 2.500 kg de carne, sendo apreciada pelas mulheres das várias regiões do estado.

 

As mulheres puderam tirar dúvidas jurídicas e receber orientações trabalhistas; conhecer os cursos de qualificação ofertados pela FACOP  (Fundação do Asseio e Conservação do Estado do Paraná), entidade mantida pela federação; e fazer um check-up dermatológico, sob orientação de um médico especializado e receber orientações de saúde de um clínico geral. “Sem dúvidas um encontro que fica para sempre na memória dessas trabalhadoras, mulheres guerreiras, que fazem dos pequenos momentos, grandes motivações”,  disse Manassés.

 

 

2019_m-003.jpg
Maria Donizeti, do Siemaco/Ponta Grossa

2019_m-001.jpg
Manasses Oliveira, da Feaconspar e Siemaco/Curitiba

2019_m-002.jpg
Paulo Rossi, da UGT-PARANÁ

 




logo

UGT - União Geral dos Trabalhadores


Rua Aguiar de Barros, 144 - Bela Vista - São Paulo/SP - 01316-020 - Tel.: (11) 2111-7300
© 2013 Todos os direitos reservados.