UGT UGT

Filiado à:


Filiado Filiado 2
Home | Notícias
Home | Notícias

NOTÍCIAS

Amauri e Motta participam de ato em defesa da Justiça do Trabalho


08/02/2019

Manifestação aconteceu na terça, no auditório Nereu Ramos da Câmara dos Deputados

 

O deputado federal Luiz Carlos Motta, presidente da Fecomerciários, e o presidente da UGT-SP, Amauri Mortágua, prestigiaram na terça, 5 de fevereiro, o Ato Nacional em Defesa da Justiça do Trabalho e dos Direitos Sociais que aconteceu no auditório Nereu Ramos da Câmara dos Deputados.

 

A manifestação, coordenada pela Associação Nacional dos Magistrados da Justiça do Trabalho (Anamatra), reuniu magistrados, procuradores, servidores, advogados, parlamentares e dirigentes de centrais sindicais e recebeu apoio da Associação Nacional dos Procuradores do Trabalho, Federação Nacional dos Trabalhadores do Judiciário Federal e do Ministério Público da União, Associação Brasileira de Advogados Trabalhistas, Conselho Federal da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) e de outros órgãos ligados ao Direito do Trabalho.

 

O ato teve por objetivo esclarecer alegações falaciosas sobre a Justiça do Trabalho, assim como de contestar a ameaça do presidente Jair Bolsonaro de acabar com esse tipo de justiça. As entidades judiciais ressaltaram diversos aspectos positivos da Justiça do Trabalho, que, segundo elas, não pode ser medida apenas pelo que arrecada ou distribui, mas pela pacificação social que promove. Para os organizadores do ato, a Justiça do Trabalho tem previsão constitucional e não pode ser suprimida por iniciativa do Executivo ou do Legislativo.

 

Ciclo

 

O presidente da Anamatra, Guilherme Feliciano, agradeceu o apoio dos parlamentares presentes no ato. “O ato de hoje fecha o ciclo de manifestações, que começou no dia 21 de janeiro, em São Paulo, em frente ao Fórum Ruy Barbosa, com a presença de 4 mil pessoas de acordo com a Polícia Militar. Este é um ato apartidário, plural e democrático em defesa da Justiça do Trabalho e dos Direitos Sociais”, afirmou o presidente durante seu discurso.

 

Motta deu total apoio ao ato. “Estamos juntos pela manutenção da Justiça do Trabalho e pela valorização dos direitos sociais”, afirmou o deputado.

 

Durante a manifestação, Motta e Amauri se encontraram com dirigentes de centrais, como Miguel Torres, presidente da Força Sindical, deputado federal Paulinho da Força, e Ubiraci Dantas de Oliveira, presidente da CGTB, entre outros.




logo

UGT - União Geral dos Trabalhadores


Rua Aguiar de Barros, 144 - Bela Vista - São Paulo/SP - 01316-020 - Tel.: (11) 2111-7300
© 2013 Todos os direitos reservados.