UGT UGT

Filiado à:


Filiado Filiado 2
Home | Notícias
Home | Notícias

NOTÍCIAS

Assaltante mata sindicalista da UGT dentro do consultório dentário da esposa


17/03/2017

O sindicalista Eolaio Carneiro da Silva, de 51 anos, paraense de Acará, casado, que era secretário geral do Sindicato de Asseio e Conservação do Estado do Pará – Sinelpa, filiado à União Geral dos Trabalhadores – UGT PARÁ, foi executado a bala por bandidos, ontem no final da manhã, no gabinete dentário do consultório de sua esposa, a odontóloga Marta Nunes Pinto, localizado na Travessa Vileta, entre avenidas Almirante Barroso e Romulo Maiorana, no bairro do Marco, em Belém. O local fica perto da sede do sindicato onde a vítima estava quando foi informada que o consultório de sua esposa estava com pessoas em atitudes suspeitas.

 

Eolaio correu para o local e, ao entrar no gabinete, foi atingido com três tiros, um dos quais no peito, morrendo instantaneamente. A esposa de Eolaio também recebeu um tiro na perna que quebrou o fêmur, segundo informações médicas.

 

Antes de fugir, o bandido e seus parceiros, que estavam esperando do lado de fora num táxi, ainda tomaram os celulares dos cerca de cinco clientes que se encontravam no local, assim como dinheiro e outros pertences.

 

A Polícia informou que o homem que atirou no sindicalista, ao fugir, deixou cair uma cédula de identidade que provavelmente está falsificada, mas cuja foto seria a dele.

 

VELÓRIO

 

A UGT PARÁ tomou todas as providências no que concerne a auxiliar a família enlutada neste momento difícil, tendo acionado o Sindicato dos Trabalhadores em Casas Funerárias e Cemitérios do Estado do Pará – SINTACETA, presidido pelo sindicalista Jesiel Araújo, para providenciar o sepultamento de Eolaio, cujo corpo foi velado por toda a madrugada e manhã de ontem, na Capela Mortuária dos Capuchinhos, no bairro do Guamá, de onde foi trasladado, no final da manhã, para a cidade de Acará, onde será sepultado nesta tarde.

 

O cortejo fúnebre, que teve grande acompanhamento de sindicalistas, familiares e amigos de Eolaio, só deixou os Capuchinhos para Acará, depois que os médicos que estão atendendo a odontóloga Marta Nunes Pinto, a liberaram para dar seu último adeus ao homem que morreu lhe defendendo, num momento de forte emoção, segundo resumiu o presidente da UGT Pará, sindicalista José Francisco de Jesus Pantoja Pereira, o Zé Francisco. Ele lamentou o fato e comentou que realmente a população brasileira, de um modo geral, está entregue apenas nas mãos de Deus, posto que ninguém tem mais segurança para estar em parte alguma.

 

NOTA DA UGT PARÁ

 

Ainda na tarde de ontem, a UGT Pará divulgou nota à imprensa exigindo rigorosa apuração dos fatos, identificação, prisão e processamento dos criminosos, para que este “não entre para a lamentável lista de casos impunes”, disse Zé Francisco. A seguir, a nota da central que chegou a ser publicada pelo site nacional da UGT Brasil, bem como, pelo presidente nacional Ricardo Patah em sua página no Facebook:

 

“A União Geral dos Trabalhadores - UGT Pará cumpre o doloroso dever de comunicar a violenta morte de mais um sindicalista no Estado do Pará, o secretário geral do Sinelpa, Eulaio Carneiro da Silva, brutalmente assassinado com um tiro no peito, na frente de sua esposa, nesta tarde, em Belém. Lamentamos profundamente mais um ato extremo de violência em que todo o movimento sindical, toda a sociedade se vê sujeito neste momento triste e infame. Ao mesmo tempo, exigimos do Governo do Estado, da Polícia Civil e Ministério Público Estadual, seja este crime apurado e o responsável identificado, preso, processado, julgado e condenado com todos os rigores das leis em vigor neste país, pois não é possível que continue este estado de v iolência e insegurança contra a população paraense.”


Categorizado em: Geral,


logo

UGT - União Geral dos Trabalhadores


Rua Aguiar de Barros, 144 - Bela Vista - São Paulo/SP - 01316-020 - Tel.: (11) 2111-7300
© 2013 Todos os direitos reservados.